3M+1: Comunicações Aceites

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

(a atualizar)

Comunicações de 20 minutos já aprovadas

 

  • Amaral, J. T.: Lobo Vilela na obra de Malba Tahan e alguns inéditos;
  • Brito, I.: Matemática e Música – sistemas de afinação no século XVIII;
  • Cardoso, M. O Grémio Mangualdense na primeira metade do século XX;
  • Carvalho e Silva, J.: Os problemas do Ensino da Matemática na “Relação Geral do Estado da Universidade" (1777) de D. Francisco de Lemos;
  • Costa, C.: J. Anastácio da Cunha visto por J. Vicente Gonçalves;
  • Curado, M.: A lógica do oratoriano Manuel Álvares;
  • Domingues, J. C.: Geometria e análise no cálculo fluxionário de Anastácio da Cunha;
  • Figueiredo, F. B. & Leal Duarte, A.: "Discurso a favor das Sciencias no Governo Monarchico" (1795), um texto de José Manoel Ribeiro Vieira de Castro (1760-183?);
  • Filipe, A. I. & Martins, S. D.: A forma e o sentir na arquitetura;
  • Lessa, E.: A Banda do Regimento de Infantaria 8 de Braga: contributos para a sua história;
  • Loidi, J. N.: Matemáticas, milicia y música en el Colegio de Artillería Español en tiempos de Anastácio da Cunha;
  • Lopes, A. & Leal Duarte, A. & Ralha, M. E.: Catenária Algébrica: "Uma questão..." revisitada;
  • Martingo, A.: A matemática na construção da especificidade disciplinar da música na universidade europeia;
  • Mendes, A. & Ibrahim, S. & Vaz, I.: Vocologia do Fado: Perfil acústico vocal;
  • Mendes, P. A.: Entre o saber, a utilidade e o entretenimento. A Matemática, a Música e a Arte militar à luz das fontes do século XVIII em Portugal;
  • Mota, C. & Estrada, M. F. & Ralha, M. E.: José Anastácio da Cunha e a demonstração paralogística da Proposição III, 7 dos "Principios Mathematicos";
  • Papança, F.: Anastácio da Cunha, o Paço da Bemposta, Capela e a Biblioteca da Academia Militar;
  • Paula, R. T.: “Tormentas da Artelharia”: A sonoridade bélica no cerimonial fúnebre por D. João V (1750)
  • Pereira do Vale, A.: Teoria Musical e Matemática na Civilização Suméria e Acádia;
  • Pinto, R. M.: As obras para banda de Inácio António de Santa Teresa;
  • Portas de Freitas, M.: Entre o senario de Zarlino e o logaritmo de Sauveur: aplicações (meta)físicas do número na teoria musical dos séculos XVII-XVIII. O caso da Escola de Canto de Orgaõ (Baía, 1759);
  • Quelhas, J.: Modas e Modinhas ou um transantlantismo musical ‘lido’ à Viola de Lereno;
  • Ralha, R.: Por que falharam alguns mísseis Patriot na Guerra do Golfo em 1991;
  • Santos, A. M. & Lopes, A. & Ralha, M. E. & Estrada, M. F. “Sobre a natureza das quantidades negativas”: parte de um quinau Anastaciano;
  • Seguí, V. M. & Oller Marcén, A. M.La formación matemática de los pilotos náuticos españoles a finales del siglo XVIII. El “Plan Winthuysen” de 1790;
  • Sousa, L. C.: O fogo da artilharia, a forma dos esquadrões e o traçado dos baluartes: a scientia da guerra no século XVI

VOLTAR